terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Em Baltar conquistamos 3 pontos ao Olá Mouriz e mais 3 em casa com o Vila Boa do Bispo

Equipas alinhadas para iniciar o jogo Olá Mouriz - C I Sagres

Caros amigos os testes do fim do período e alguns trabalhos escolares não me têm deixado muito tempo livre pra blogar convosco. À medida que o campeonato se aproxima do fim começa a não haver dúvidas que, mais uma vez, a nossa equipa ficou numa série muito desequilibrada. Como já aconteceu no ano passado as vitórias vão surgindo naturalmente sem desafios equilibrados de que resultem grandes dificuldades para a equipa. Claro que respeitamos muito os nossos adversários e continuamos a treinar com empenho, mas começa a ser claro que isso não é suficiente para criar uma equipa suficientemente forte para encarar o nacional.
O "mister" Alfredo a orientar a nossa equipa durante o jogo de Baltar
Em Baltar a nossa equipa foi orientada pelo "mister" Alfredo, treinador dos Juvenis do CIS, por impossibilidade do "mister" João Novais que foi ajudar os seniores. Fizemos um bom jogo num piso que não favorece o OK. Todos estivemos à altura da responsabilidade de representar o CIS, nós e o nosso "mister". O resultado final de 10 golos de diferença não mostra o desequilibrio entre as duas equipas, pois para contar os nossos golos falhados não chegavam os dedos das mãos.
Depois veio o jogo em casa com a equipa do Vila Boa do Bispo e uma vitória sofrida por 4-0. É claro que nesse jogo tivemos uma baixa importante por impossibilidade do Pedro Amaral ir ao jogo mas, mesmo assim, poderíamos ter feito melhor e marcar mais cedo. À medida que os jogos vão passando começa a surgir a vontade de alguns de nós resolverem o jogo sozinhos!...e a esquecerem-se que o OK é um jogo de inteligência que deve ser disputado em equipa. Os bloqueios, o passe e corte e as bolas ao segundo poste só entram se tivermos atenção às desmarcações e passarmos bem a bola. Nós, os que já somos Infantis de segundo ano, temos a obrigação de não esquecer e lembrar isso aos mais novos. Finalmente queria dizer-vos que não tivemos fotografias nesse jogo pois o meu pai foi participar na inauguração do LABIOMEP (www.labiomep.up.pt ). Até breve.
Ora cá está uma boa fotografia da minha pessoa 


domingo, 2 de dezembro de 2012

Mais 3 pontos conquistados ao Estrela Vigorosa Sport

A vista ao pavilhão do EVS decorreu numa tarde de sábado depois de ter assistido a uma partida de futebol do meu amigo "Bino". O nome deste rapaz é Gonçalo Alves, razão porque começa a tornar-se um adepto incondicional do hóquei em patins, sendo Bino o nome artistico com que foi batizado pela turma. A equipa do Bino, o Boavista, que ao intervalo ganhava por 5-1, acabou por perder por 6-5 com uma das equipas do Dragon Force, os da camisola azul bebe, como diz o meu pai. As nossas conversasdurante o almoço sobre o jogo dele  deixaram-me um pouco receoso pois o ringue do Vigorosa é muito grande e eu nunca lá tinha jogado. Devido ao resultado desequilibrado do 1º jogo não seriam esperadas grandes dificuldades, mas nunca se sabe. Desta vez o árbitro faltou e foi um dos diretores do EVS, o sr. Zé Manuel, que apitou o jogo. Embora não tenha sido titular entrei bem no jogo e até nem me portei mal. 

Às vezes até a baliza parece encolher!...
Quando eu entrei já estávamos a ganhar pelo que pude subir algumas vezes para tentar o meu golito e mostrar ao Bino como se faz. Mas desta vez não foi o meu dia e o meu melhor remate foi ao poste e mesmo quando me consegui isolar para um contra ataque a menina do EVS resolveu fazer penalti. Como estava com confiança pedi ao "mister" para marcar a GP mas ele deu a oportunidade ao Dinis que, desta vez, nem na baliza acertou! O jogo continuou a correr-nos de feição embora a menina do Vigorosa nos tivesse dado algum trabalho pela coragem com que entrava a todas as bolas. No final o resultado de 3-6 não mostra a diferença entre as duas equipas. Contudo, este deve ter sido um dos nossos piores jogos com a equipa a jogar desgarrada e sem grande fio de jogo. Depois da missão cumprida foi ver uma grande partida de hóquei em patins ao Dragão Caixa onde o FCPorto defrontou e venceu a equipa do Noia.
O meu amigo Gonçalo Alves, "Bino" para os amigos


quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Duas vitórias sem fotografias mais a visita do Gulpilhares

Tucunaré das águas do Amazonas
Com o meu pai fora do país a comer peixes esquisitos com o Pirarucu, Tambaqui, Tucanaré e Matrixã, não tivemos direito a fotografias nos jogos, em casa com o AAEspinho que ganhamos por 6-2 e fora com o ADPenafile que também vencemos por 5-4. No jogo como o AAE quero destacar a visita do meu amigo  Vasco a quem tive o prazer de dar um abraço e o bom jogo da sua equipa. Com o regresso do meu pai voltaram as fotografias e no jogo seguinte com o Gulpilhares já tivemos direito aos bonecos da praxe. Este jogo foi disputado num sábado à tarde e o "mister" João Novais atribuiu-me a braçadeira de capitão.
 
C I Sagres - A C R Gulpilhares (Infantis)


Eu com a braçadeira de capitão
Foi um jogo bem disputado em que acusei um pouco a responsabilidade de ser capitão. Enquanto o resultado não cresceu para o nosso lado procurei manter as minhas funções defensivas sem correr grandes riscos. Após garantirmos a vitória ainda pude subir para entregar o meu "bilhosito". Foi mais um jogo que nos correu bastante bem e conquistamos mais uma vitória sobre uma equipa que deu luta e praticou bom hóquei sem procurar as faltas desnecessárias. O que teria sido dificil de passar sem castigo dado o excelente trabalho do meu amigo sr. Carlos Tadeia que apitou o jogo.
 
Mais um "bilhosito" entregue pela minha pessoa

domingo, 4 de novembro de 2012

Conquistámos mais uma vitória na visita ao Paço do Rei

H C do Paço do Rei - C I Sagres (Infantis)

Neste domingo fomos a Vila Nova de Gaia para defrontar os Infantis do Hóquei Clube do Paço do Rei. Não se previam grandes dificuldades para este jogo dados os resultados alcançados pelas duas equipas até ao momento.
Ainda estávamos todos com os músculos um pouco doridos pelos dois jogos dos últimos dias, o de treino com o Dragon Force e o jogo com os Valongo B, ambos jogos com muito trabalho.  Não foi desta vez que voltei a ser titular pelo que vou continuar a trabalhar muito nos treinos para alcançar o meu melhor nível. A primeira equipa foi constituída pelo Xano, Pedro Amaral, Gonçalo II, Tomás e Nuno Peixoto. Neste jogo fui o segundo a entrar para substituir o Tomás e, na minha opinião, voltei a jogar bem, até entreguei dois "bilhositos" e fiz grandes passes. A minha mana Ligia e o namorado Jorge vieram ao Porto e foram ver o meu jogo pelo que lhe dediquei um dos meus golos. O "mister" João Novais deu a braçadeira de capitão ao Bernardo e colocou todos em campo. O Bernardo apesar de ser pouco utilizado nos jogos fez um bom trabalho e até marcou dois golos.

O Bernardo com a braçadeira de capitão de equipa
Num ringue pequeno e um piso muito escorregadio não é fácil jogar bom hóquei nestas condições. E para piorar a bola salta muito e é difícil de controlar. Apesar de tudo foi um jogo muito fácil e com um resultado desequilibrado (1-17)  pelo que o hóquei da nossa equipa acabou um pouco desgarrado com todos a querer marcar. Parabéns para o Pedro Manada que foi encarregado de marcar um livre direto e fez um trabalho exemplar, sem espinhas(!). Alguns colegas dos Iniciados do CIS, o Jorginho e o Diogo Campos vieram apoiar-nos e fizeram claque durante o jogo, gesto que gostaremos de retribuir. 
Por último gostava de prestar a minha homenagem ao "mister" Professor Nuno Carrão que ajudou a nossa seleção de sub-20 a sagrar-se tri-campeã da Europa. É um orgulho competir num clube que tem como presidente um grande campeão, o sr Paulo Alves, e no seu corpo técnico o treinador adjunto da selecção nacional de juniores.
Professor Nuno Carrão (Campeão da Europa de sub 20)
 

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Mais duas vitórias com o GDC de Fânzeres (9-0) e com a AD Valongo B (2-0)

Jogo de Infantis CISagres - GDC de Fânzeres
O hóquei em patins é um desporto fantástico, aprendemos a patinar, ganhamos equilíbrio e agilidade e jogamos em equipa. Desde que comecei a patinar aos 4 anos no infantário da Nortecoope, graças ao sr Faria, até hoje, tenho feito muitos amigos entre colegas, treinadores e até árbitros(!). É claro que os jogos são aquilo que mais gostamos mas no meu caso também me divirto muito com os treinos e até quando, com ajuda do meu pai, escrevo as crónicas deste blogue. Nessa altura conversamos sobre o jogo, se fui ou não titular, o tempo que joguei e as situações em que falhei. O meu pai por vezes é um pouco “careta” pois para ele os treinadores têm sempre razão embora por vezes eu não perceba  muito bem as decisões deles.

Jogo de Infantis CISagres - AD Valongo B


Mas vamos ao que interessa. Estamos em época de testes e não me tem sobrado muito tempo para escrever as crónicas do jogo. Felizmente as notas têm sido boas e do agrado da minha mãe. Como o nível competitivo dos nossos jogos não tem sido elevado, o último jogo com o Fânzeres terminou em 9-0, na passada quarta-feira tivemos um jogo de treino com os infantis do Dragon Force que jogam de azul-bebé. Foi bom rever os meus amigos e participar num treino bem “rasgadinho”. O jogo foi realizado em três tempos de 15 min, sem paragens, com a participação de todos os elementos da equipa. Entrei no segundo tempo com o Mateus, o Gonçalo II e o Nuno Peixoto e, não é para me gabar, fomos os melhores a trocar a bola e a marcar golos, terminamos a ganhar 5-4 e foi a única equipa que não perdeu.


Ontem tivemos a visita da equipa B do Valongo. De fora dos convocados ficaram o Manuel e os gémeos Bernardo e Francisco. Foi um jogo muito disputado com os nossos adversários a baterem-se de forma renhida. Entrei a meio da segunda parte e dei o meu melhor. Desta vez o resultado final foi de 2-0 mas fartamos-nos de trabalhar pois o Valongo vendeu cara a derrota.
Para minha grande surpresa os meus grandes amigos Zé Pedro e Joana Adrião foram assistir ao meu jogo e se é verdade que não pude dedicar-lhe um golo como era minha vontade pude dar um abraço apertado a ambos. Fiquei muito contente com a visita.
No final do jogo pudemos apoiar os nossos colegas da equipa de iniciados num jogo com o H C do Marco. Foi também um jogo difícil com o Marco a defender como podia e o CISagres a não acertar na baliza. No entanto ainda conseguiram um resultado mais desequilibrado que o nosso vencendo por 7-2. Amanha já temos outro jogo, desta vez com o Paço de Rei.

sábado, 20 de outubro de 2012

Prenda de aniversário em Vila Boa do Bispo

No dia 14 de Outubro comemorava-se a data da minha chegada a este mundo. Dizem os meus pais que a cegonha me entregou na freguesia da Sé, no Porto, no ano em que o Boavista foi campeão!..já foi há tanto tempo que quase nem me lembro.
Para festejar e cumprir o nosso calendário desportivo fomos jogar a Vila Boa do Bispo. Desta vez o mister João entregou a braçadeira de capitão ao Pedro Manada e o Manuel Leão, irmão do Luís Leão GR da nossa equipa, foi apoiar-nos embora tenha ficado de fora. O jogo decorreu sem surpresas pois as equipas são um pouco desequilibradas. Do nosso lado foi possível iniciar o jogo com alguns dos mais novos e começar cedo a rodar a equipa. Desta forma todos vão tendo tempo de jogo para poderem evoluir.
 


 

Com o Xano, nosso GR, a portar-se ao seu melhor nível não é fácil marcar-lhe golos, mesmo quando a defesa é apanhada na sesta. Como é da praxe quando se faz anos leva-se um bolo para a rapaziada e todos cantam, mal mas cantam ;), os parabéns ao menino do bolo. Desta forma promove-se a união do grupo e fortalece-se o espírito de equipa.
No final o resultado de  4 - 11 não traduz a diferença entre as duas equipas. Embora o Juliano e os amigos de Vila Boa do Bispo tenham jogado com garra e o pavilhão esteja com mau piso a minha equipa ainda falhou muitas oportunidades e o GRs adversário foi dos melhores em campo.

sábado, 13 de outubro de 2012

O meu pai o Prof Nuno Carrão e os estudos no Hoquei em Patins

Como já devem ter percebido o meu pai gosta muito de hóquei em patins, não só pelos jogos que já viu com o meu irmão, cerca de 10 anos, mas também comigo, já lá vão mais quatro. Para se distrair durante os jogos tira as fotos que depois eu utilizo para fazer o goncahoquei. Ultimamente tem-se dedicado também a estudar esta modalidade. Como trabalha em biomecânica tem estudado os stiques, os patins e até os movimentos de remate.
Afinal o hóquei também pode ser estudado(!), tal como as outras modalidades. Neste trabalho o meu pai tem tido a ajuda de várias pessoas que gostam de estudar o hóquei, como é o caso do Professor Nuno Carrão que tirou o mestrado em hóquei em patins e foi o meu mister no ano passado, atualmente também ajuda no treino da seleção nacional de sub 20. Mostro-vos aqui um filme feito a alta velocidade (1000 imag/s) para comparar o remate do Reinaldo Ventura e do Rafa, quando ambos jogavam no Porto.
video
Se olharem com atenção podem ver que o stique do Reinaldo bate duas vezes na bola, o que seria contra as regras. O que vale é que o árbitro não vê. A velocidade da bola junto à baliza foi medida a cerca de 100km/h.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Vitória sobre os infantis do Olá Mouriz

No passado sábado recebemos a visita da equipa de infantis do Clube de Baltar. O Olá Mouriz, adversário que frequentemente encontramos no torneio de abertura, apresentou-se com uma equipa muito defensiva. Entraram a jogar em quadrado e assim se mantiveram o jogo todo. A nossa equipa, capitaneada pelo Mateus Marinho, entrou a jogar sem medo para resolver o jogo o mais cedo possível. Com a rapaziada a fazer bloqueios e a mandar umas "bujas" para aquecer as mãos ao GR, cedo lhe mostramos que sabíamos como contornar as dificuldades.
Os  remates colocados do Pedro Amaral e do Tomás, mesmo do meio da rua, permitiram abrir o marcador depois de vários remates defendidos pelo GRs do Olá Mouriz, um dos melhores atletas em campo. Depois disso o "mister" João Novais começou a rodar a equipa para dar oportunidade a todos. Desta vez só o Nuno Peixoto não entregou o seu "bilhó", isto apesar de ter jogado com a garra que se lhe conhece. Pelo meu lado aproveitei uma Passe do Tomás para entregar o primeiro "bilhosito" e, a pedido do "mister", entreguei o segundo na marcação de um livre direto.
 
O treinador do Olá Mouriz, por elogios dirigidos ao árbitro, Sr Antão, foi convidado a ver um cartão azul e a deslocar-se para a bancada. Daí resultou um livre e mais um golo para a nossa equipa. Esta regra do jogo obriga todo grupo a portar-se bem. Por isso, se a geometria não me falha, o Olá Mouriz deixou de jogar em quadrado e passou a jogar em triângulo. No final o resultado não engana pois os 13 - 0 mostram a diferença do jogo das duas equipas.
 
Mais uma vez tivemos o previlégio de ser fotografados pela nossa amiga, adepta incondicional, irmã do Pedro Manada e grande fotografa: Maria Manada. Junto coloco o link para poderem ver com ela fez um ótimo trabalho:

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Jogo em casa com o Estrela Vigorosa Sport

No passado domingo tivemos a visita da equipa de infantis do Estrela Vigorosa Sport ao nosso pavilhão. Foi no pavilhão do Vigorosa que assisti aos primeiros jogos de hóquei do meu mano quando ele jogava na equipa de iniciados, antes de representar o CIS. Eu era muito pequeno e só me lembro daquilo que o meu pai registou em fotografias. Neste jogo o capitão foi o Kiko, o mais pequeno da equipa. A equipa entrou concentrada e a jogar com grande união.  O primeiro golo resultou de um remate colocado do Gonçalo Silva que deixou o GR do Vigorosa com os olhos em bico.
 
1º golo do Gonçalo Silva
Com o "mister" João Novais a dar minutos de jogo a todos os atletas o jogo decorreu com muito acerto pela nossa parte e o resultado lá foi desequilibrando para o nosso lado. No final o resultado de 8-1 não mostra bem o desiquilibrio que existiu entre as duas equipas. Embora todos tenhamos jogado bem, o Gonçalo Silva e o Tomás distinguiram-se pelo muito que trabalharam e pela garra com que sempre jogam. Uma palavra ainda para os nossos GRs que estiveram a grande nível. O Xano a defender tudo o que podia ser parado e o Luís Leão a dar mostras que está pronto para aprender e a tornar-se um caso sério na guarda da nossa baliza.
 

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

1º jogo da época no pavilhão do Gulpilhares em Vila Nova de Gaia

Caros amigos, finalmente começou a competição nesta época. Depois do 1º jogo de treino com o Alfena no nosso pavilhão fomos jogar com a equipa de Infantis do ACR Gulpilhares em Vila Nova de Gaia. Como os nossos colegas iniciados jogavam primeiro todos procuramos chegar mais cedo para os apoiar. Ainda não me consegui habituar a não fazer parte daquela equipa, espero para o ano lá estar outra vez. Ainda que tenham jogado bem neste jojo o resultado não foi o melhor pois sairam derrotados por 7 - 2, por uma equipa que está ao alcance deles.
Orientados pelo meu amigo "mister" João Novais, que já me treinou nos benjamins, e com o Dinis a capitão de equipa lá fomos para o ringue dar o melhor que sabemos e pudemos. Jogamos muito concentrados e com grande segurança; cortinas, triangulações e jogadas de belo efeito, tudo nos saiu bem. Pela primeira vez tivemos o Tomás a jogar connosco em jogos oficiais e fez uma boa exibição.
  
Neste jogo tivemos mais fotógrafos a tirar fotografias e o meu pai até nem foi o que fez as melhores, pelo menos das minhas jogadas. Por isso desta vez as fotografias que vou colocar aqui serão as que partilhou a Maria Manada, irmã do meu colega Pedro, e que tem muito jeito para fazer boas fotos da minha pessoa. Desculpa pai mas desta vez as tuas ficam num link no final deste texto.
No final o resultado ficou bastante desequilibrado ACR Gulpilhares 1 - CISagres 10. Todos nós jogamos bem e eu até entreguei um "bilhosito" para não perder a prática. Desta vez o meu pai apanhou o momento para mais tarde recordar.  Para poderem ter acesso às outras fotos do jogo aqui fica o link;

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Inicio de época e recordações das férias - 13º Festival intercéltico de Sendim (os pauliteiros)

 

Treino de pauliteiros, ADOeiras vs CISagres

Eu e o meu primo Manel na companhia do "chefe" dos Pauliteiros de Constatim

Olá meus amigos, cá estou eu de volta aos treinos. Depois da excelente época passada em que fiz muitos amigos e juntos conquistamos muitas vitórias  já começamos a treinar para que a próxima seja ainda melhor. Em vez do mister Nuno Carrão que nos tinha sido destinado pela direcção foi o mister João Novais que coordenou os primeiro treinos (?), mas o que é importante é que o nosso clube seja bem gerido para que venha a ser cada vez melhor na formação de novos atletas. 

As minhas férias foram óptimas e passadas no Nordeste Transmontano, mostro-vos aqui algumas fotos da minha ida ao Festival Intercéltico ver os pauliteiros. Aquela rapaziada consegue fazer malabarismos complicados com os paulitos, tal como nós fazemos com os sticks, o problema é que eles batem nas mãos e não tem árbitros para marcar falta. Num dos "lhaços", o salto o Castelo, aquilo parece mesmo difícil. Como nos portamos bem no final tivemos direito a uma fotografia com uma das pauliteiras mais bonitas, sim porque a dança de pauliteiros não é só para homens, que o digam as pauliteiras de Sendim. É tudo muito democrático, até no uso da saia.

Fotografia com uma das pauliteiras mais bonitas do festival


quarta-feira, 18 de julho de 2012

A minha primeira participação nas Clínicas de Verão com o mister Nuno Carrão

Olá rapaziada, depois da visita a  Oeiras cá estamos nós, a maior parte da equipa, nas clínicas de verão.  Prometo contar-vos depois a grande borga e barrigada de hóquei que tem sido, só espero que os meus pais nunca venham a saber algumas das paródias que temos feito. Até me esqueço de ligar o telemóvel, para que?, e ontem fiquei rouco que nem uma cana rachada de tanto gritar. Junto mostro a primeira foto oficial da rapaziada em que estou com a camisa do FCP e o stique prontinho para começar a destrocar OK. Vou acabar por hoje pois julgo que ainda vamos ter mais um joguinho, não é mister?...

O 2º Torneio de Oeiras e a vista aos meus primos (Manuel e Inês)

Nada melhor para terminar a época competitiva do que participar num dos melhores torneios de OK em patins dedicado à formação.  Desta vez o CISagres participou com duas equipas, os Escolares e os Infantis, escalão que não participou no 1º torneio. Desta vez nenhuma das nossas equipas ganhou mas divertimos-nos e fizemos mais amigos. O meu tio Virgílio e os amigos continuam a trabalhar muito para que tudo corra pelo melhor e todos se sintam bem durante os dias em que os visitam.
Desta vez foi a equipa de escolares onde joga o meu primo que conquistou o 1º lugar num jogo muito disputado com o SLBenfica. Mas neste torneio todos nos sentimos vencedores pois é esse o espírito da organização e além de nós é o OK que fica a ganhar.
Na grande comitiva do CIS começa a renascer o espirito do clube com todos unidos em torno das equipas e a fazer do OK uma grande festa. Desta vez até conquistamos o troféu fair-play.
Uma palavra para os nossos elementos mais pequenos o Pedrinho Lapa, chefe de claque, e o Artur Carrapatoso, que joga tanto que até cansa vê-lo jogar, que o diga a defesa do SLB que ele meteu no bolso por diversas vezes.
Os parabéns à equipa do Física de Torres Vedras que já nos tinha tirado o 1º prémio no torneio de Santarém e agora repetiu a brincadeira no torneio de Oeiras. Mas não perdem pela demora pois ainda um dia lhe vamos ganhar, prometo!...

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Os INFANTIS do CISagres nos torneios de Verão

Pedro Lapa o nosso futuro craque.
No domingo passado fomos a Santarém participar no torneio de Esperanças organizado pelo HCS. Foi um dia bem passado com muito OK e novas amizades com hoquistas do Centro e Sul do país. O CH Vasco da Gama, que como sabem foi empregado do Infante de Sagres, fez um jogo muito bem disputado mas não teve argumentos para a rapaziada. Esta equipa tinha muito boa gente pelo que os apoiamos depois no jogo de disputa do 3º lugar. O jogo da final foi disputado com a equipa e os árbitro da casa. Jogamos ao nosso melhor nível e no final lá estava no marcador 3-7 e o caneco quiz vir connosco. Um palavra para o nº 4 do HCS que seticava em todas as bolas, nas do jogo e nas minhas...e o árbitro a ver!...

Também foi bom podermos apoiar a nossa equipa de Benjamins e ve-los ganhar o último jogo com grande nível. Foi uma oportunidade para rever os meus amigos Diogos, avô e neto, que já estiveram no Clube Académico de Bragança a jogar com o meu primo.Uma palavra para a nossa claque que foi incansável a apoiar-nos, com destaque para o Lapinha que até tratava da água. Agora já estamos a preparar a nossa participação num dos melhores torneios do país, o 2º torneio de Oeiras, não estivesse na organização o meu tio Virgilio e familia...até para a semana em Oeiras.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

OTRA INCREÍBLE REMONTADA TRAS EL PARTIDO CONTRA EL GULPILHARES


(faz hoje 17 anos que a minha amiga Bélen veio para o Porto, pelo que ela tem mais 5 anos e 5 meses desta cidade que eu, que nasci cá, para lhe prestar uma pequena homenagem esta crónica vai escrita à espanhola)
Ayer ganamos, una vez más, una de las finales que nos separa del viaje a Sesimbra. Tal y como esperábamos fue un partido difícil, pero supimos superarnos y representar a nuestro CIS con gran dignidad. Aún estábamos recuperándonos del disgusto del partido contra el Carvalhos y entramos un poco nerviosos, por lo que nuestros adversarios nos metieron 3 goles en un abrir y cerrar de ojos. Pero como el que sabe no olvida, como dice mi papi, rápidamente calentamos los motores y soltamos la furia del Infante. Los numerosos adeptos que aceptaron nuestra invitación para ver el partido pudieron observar la increíble recuperación que nos llevó al empate aún antes del descanso. Fue un partido no apto para cardíacos, aunque nadie tenía la menor duda de que ganaríamos nada más empezar la segunda parte, ya que la diferente calidad técnica entre los dos equipos era notable.
Du, a quien nuestro míster entregó la portería, se portó como un campeón, después de superar alguna inseguridad propia de quien ha estado sentado en el banquillo a mi lado. Joaquim que ya no sabe jugar mal y, lo mismo digo de Pedro y de Diogo II, empezaron a jugar un poco indecisos pero acabaron ofreciendo hockey al más alto nivel, como siempre. Es cierto que no todos estuvimos al 100%, pero lo que sí es verdad, es que absolutamente todos demostramos tener una enorme garra y una entrega total e hicimos todo lo que pudimos en beneficio del equipo. Cuando conseguimos estar a este nivel no nos para nada, ni los errores de los árbitros, ni incluso, algunos disparates de los adultos y, por ello, queríamos ganar a toda costa este partido, para demostrar a los adeptos que la furia de este club se debe soltar dentro del campo y no en las gradas.
Nuestro equipo es, en este momento, una auténtica familia que comparte un objetivo común y lucha sin cesar por alcanzarlo. La  confianza y la amistad que nos une es el resultado de todo ello y de ser conscientes de lo difícil que resulta conseguirlo. No somos estrellas ni chicos mimados sino un equipo unido que se entrega en cuerpo y alma y sabe disculpar, pues ya nadie duda de las intenciones.
Ahora una semana de exámenes y entrenamientos nos separa del partido decisivo, por lo que vamos a seguir trabajando con el mismo empeño, ¡os lo aseguro!
(NOTA: para o sotaque sair perfeito deve ser lida com um "bilhó" quente na boca)

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Amanhã no pavilhão do CIS, não se esqueçam...


Olá Caros amigos,
este período do ano não tem sido nada fácil e o tempo não tem chegado para tudo. Aos últimos testes do ano seguem-se agora os exames nacionais do 2º ciclo e tudo isto com o hóquei e algumas festas de aniversário não me tem deixado tempo para vos escrever. Mas como o meu pai diz sem trabalho nada se consegue, nos estudos e no desporto. Todos temos procurado dar o nosso melhor nos dois lados com tal empenho que os treinos são mais desgastantes que os jogos. Até já perdoei ao Diogo II a fruta dos dois últimos treinos, obrigado, está entregue!..Alguns resultados menos bons não têm resultado de menos empenho ou entusiasmo, mas são três os resultados possíveis e os nossos adversários também querem ganhar. Como dizem os conterrâneos da nossa amiga Belén "Hasta el rabo todo es toro" e não é uma "cornada" que vai estragar a nossa faena, vamos lá, só falta mais um pouco e os nossos adeptos merecem, os que estão cá todos os jogos e formam a comunidade do CISagres e aqueles quem vêm de longe para nos ver como os amigos do nosso capitão que vieram da Venezuela.
Vamos dar o máximo para que possamos dar mais uma alegria a todos os que acreditam em nós e podermos deliciá-los com as nossas verónicas e chiquelinas além das rábias e rabetas do costume.
Quem nós somos?  
Clube Infante de Sagres !...

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Empate em Gulpilhares com direito a lição

Depois de uma semana de treinos, em que nos preparamos para jogar num pavilhão grande, com piso escuro e lidar com as dificuldades que se anteviam, fomos ao Gulpilhares aprender mais uma lição. Primeiro não podemos começar o jogo a dormir e a pensar noutra coisa, pois quando acordámos já perdíamos por dois golos. Depois, também aprendemos que esta atitude deitou por terra o trabalho da semana, pois dar a volta ao resultado cansa mais e não nos permite pensar o jogo como tinha sido planeado. Aprendemos também que há equipas que, reconhecendo as suas debilidades, apostam no remate de longe (à buja) e desistem de jogar o jogo pelo jogo, e nós temos que saber lidar com isso. Ficou também muito claro que a equipa só funciona quando todos estão bem, pois como diz o meu pai "...numa equipa o todo é maior que a soma das partes".
Mas a lição mais importante foi perceber, mais uma vez, que é difícil entender os adultos e como eles, por vezes, também mereciam uns "açoites" valentes. Como é possível o sr. Jerónimo, que já é árbitro há tanto tempo, apitar tão mal!.. e o pior é pensar que fez um bom trabalho!... Já nem lhe pedia que visse a final 8 onde um colega da APMinho fez um excelente trabalho mas, pelo menos, que falasse com a sua colega que apitou os nossos jogos de Viana do Castelo e de Penafiel. Essa senhora não só mostra saber as regras como tem sido justa com ambas as equipas e cuidadosa em advertir quem faz "batota". Ainda pode tirar dúvidas com o sr Tadeia e o sr Pinto, grandes mestres no uso do apito, e estes até são da APPorto!...
O Sr Jerónimo julga que está a enganar meninos  mas está um pouco equivocado pois também andamos na escola. A forma como não penalizou as entradas duras dos nossos adversários e inventou algumas faltas de equipa para nós mal passamos o resultado para 2-4 revelam pouca honestidade. Só o Pedro levou duas por estar distraído, isso nem na escola dele quando está a falar com o colega. Por uma falta idêntica o Jorginho levou azul e o adversário? "nicles". Nessa altura deu-se o empate, na marcação do livre direto. E logo a seguir as dez faltas para que eles se adiantassem no marcador, não fosse o Carlitos, que já estava acordado!...Nessa altura o árbitro começou a marcar faltas para o Gulpilhares, por simulação (!), será que o árbitro também só acordou nessa altura?  ou o mergulho saiu menos perfeito?
No final conseguimos um empate a jogar fora mas aprendemos muita coisa e assim ficámos mais fortes. Julgo que muita gente não esperava ver-nos aqui mas nós sabemos bem o trabalho que isso nos deu e, já agora, gostaríamos de levar isto até ao fim. Vamos lá amigos do hóquei, dirigentes, adversários e árbitros, sejam honestos e justos e deixem-nos jogar limpo que é isso que o "mister" Nuno Carrão está sempre a pedir-nos...